Buscar

A polêmica relação entre o tratamento da esquizofrenia e risco de câncer de mama


Existem evidências de que mulheres portadoras de esquizofrenia têm 25% a mais de chances de desenvolverem câncer de mama (CM). Em função disso, o tratamento com antipsicóticos sempre foi apontado como um dos prováveis responsáveis, apesar de uma série de outros complicadores.


A novidade é um estudo de pesquisadores da Escola de Medicina Donald and Barbara Zucker tentando colocar mais luz sobre essa controversa associação.


Curadoria: Dr. Guilherme Rocha, médico especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela FEBRASGO.


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

4 visualizações