Buscar

Alimentação noturna tardia dificulta o controle da glicemia


Um terço das populações do mundo industrializado vivem em um contexto social e cultural em que é normal o consumo de alimentos próximo da hora de dormir.


Situação semelhante pode abranger trabalhadores noturnos, trabalhadores em regime de plantão e aqueles que sofrem de jet lag ou distúrbios alimentares noturnos.


Um terceiro grupo na mesma situação metabólica são os indivíduos que fazem uso de suplementos de melatonina. Isto, porque um estudo de pesquisadores do Massachusetts General Hospital, do Brigham and Women’s Hospital e da Universidade de Múrcia confirmaram que o horário da alimentação em relação ao sono influencia o controle glicêmico, um mecanismo já prejudicado em portadores de diabetes tipo 2.


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

10 visualizações