Buscar

Antigo antiartrítico pode ser reabilitado contra o câncer de pâncreas


O adenocarcinoma ductal pancreático (PDAC) teve melhora muito pouco significativa nos resultados de tratamento em décadas de pesquisa. Com isso, há previsões de que este tipo de tumor alcance o triste posto de segundo em número de mortes no mundo. Um dos esforços no sentido de se evitar isso vem sendo feito por pesquisadores da Universidade de New South Wales e há novidades.


Em artigo recente, o grupo anuncia ter alcançado bons resultados contra o PDAC atingindo um gene relacionado ao transporte de aminoácidos com cargas negativas (cistinas). Experimentos em ratos e células humanas confirmaram o gene transportador de cistinas como alvo terapêutico interessante no PDAC, mas concluiu que sua inibição deve ocorrer em mais de um compartimento do tumor para que o crescimento seja inibido. Por fim, o grupo desenvolveu uma nanodroga capaz de promover efeitos similares ao do bloqueio genético do transportador de cistinas.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

2 visualizações