Buscar

Aprendizado de máquina diagnostica câncer por meio do pH


As células cancerígenas possuem diversas características que as diferenciam das células saudáveis, como forma e metabolismo. Explorar essas diferenças entre células é o que norteia a pesquisa de novos e melhores métodos para o diagnóstico do câncer. Atualmente, esse tipo de método de diagnóstico não prescinde de técnicas mais invasivas, como o uso de marcadores fluorescentes ou nanomoléculas.


A novidade é que pesquisadores da Universidade Nacional de Cingapura publicaram um artigo recente em que anunciam uma abordagem diferente voltada para o pH das células cancerígenas. Segundo o artigo da equipe, outra diferença identificável entre células sadias e cancerígenas é o pH. Estudos mostram que as células cancerígenas possuem pH mais baixo e se beneficiam dele com reações que as tornam mais agressivas.


No estudo atual, um corante específico para variações de pH foi aplicado aos tecidos e depois as imagens foram processadas por inteligência artificial com o objetivo de identificar as nuances de coloração, ou de acidez, entre diferentes células individuais.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

21 visualizações