Buscar

Ativação farmacológica de proteína pode melhorar resposta à imunoterapia


Embora a imunoterapia tenha sido a mais recente revolução no tratamento do câncer, significando até mesmo curas antes improváveis para alguns pacientes, a verdade é que essa modalidade de tratamento beneficia apenas cerca de 20% dos pacientes oncológicos. Sendo assim, são muito necessárias novas estratégias que estendam os benefícios da imunoterapia para um maior número de pacientes.


Nesse contexto, um novo estudo de pesquisadores do Instituto Karolinska mostra potencial para aumentar a imunidade antitumoral e melhorar a resposta aos tradicionais inibidores do ponto de verificação. Utilizando modelos murinos de câncer, os pesquisadores evidenciaram um mecanismo inédito capaz de levar os benefícios da imunoterapia para maior número de pacientes.


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

2 visualizações