Buscar

Composição da dieta influencia o status inflamatório da microbiota intestinal


Você é o que você come. A frase se encaixa perfeitamente nos resultados de um estudo conduzido por pesquisadores da Universidade de Groningen para investigar se alimentos e padrões dietéticos específicos podem afetar a composição do microbioma intestinal e, com isso, as respostas inflamatórias no intestino.


Segundo o artigo da equipe na Gut, o fato da população bacteriana se nutrir no substrato dietético fez o grupo questionar se é possível induzir um ambiente intestinal antiinflamatório por meio de intervenção alimentar. Caso sim, poderia ter utilidade na abordagem das doenças inflamatórias intestinais (DII) e outras comorbidades sistêmicas relacionadas à inflamação crônica.


O estudo uniu sequenciamento metagenômico do microbioma e registro alimentar em uma coorte incluindo portadores de DII e intestino irritável. Foram encontradas associações significativas entre dieta e grupos bacterianos, sendo que a maioria delas estava superposta ou compartilhada entre os subgrupos da coorte estudada, sugerindo que as intervenções alimentares podem ter utilidade no combate à resposta inflamatória.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

1 visualização