Buscar

Consumo adequado de proteínas é crucial para evitar sarcopenia em mulheres idosas


O processo de envelhecimento tem como uma de suas consequências a perda de massa muscular e da força e função no músculo remanescente.


Esse fenômeno fisiológico visível principalmente, mas não exclusivamente, em mulheres, é chamado sarcopenia e tem importância clínica uma vez que indivíduos sarcopênicos tendem a ter menor mobilidade e maior perda da independência funcional em relação aos indivíduos não sarcopênicos da mesma idade.


Além disso, a sarcopenia leva a um subtipo de obesidade que aumenta ainda mais a perda de independência e acentua o risco de quedas.


Nesse contexto, pesquisadores da Universidade de Valência decidiram estudar a relação entre sarcopenia, obesidade sarcopênica e consumo de proteínas em mulheres acima de 65 anos e encontraram resultados que podem direcionar o combate à essa condição.


Curadoria: Dr. Guilherme Rocha, médico especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela FEBRASGO. @guilhermepgrocha


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

22 visualizações