Buscar

Densidade mamária na mamografia associada com história familiar de câncer de mama


A história familiar positiva para câncer de mama (HFCM) pode ser um importante indicador de risco da doença. Mulheres com histórico de neoplasia mamária em um parente de primeiro grau têm seu risco da doença elevado em 2 a 4 vezes. Por outro lado, a densidade mamária na mamografia (DMM) também se associa com aumento de risco.


Mulheres com mais de 75% da mama densa no exame apresentam risco de câncer de mama 4 a 6 vezes maior que aquelas em que a densidade é inferior a 5%.


A novidade é que pesquisadores da Universidade de Washington (St. Louis) investigaram a relação entre DMM, frequente na perimenopausa, e HFCM, dois fenômenos que também compartilham vias genéticas semelhantes.


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

1 visualização