Buscar

Açúcar vegetal trealose pode retardar a progressão da esclerose múltipla


Pesquisadores do Instituto Karolisnka, na Suécia, anunciaram que um açúcar chamado trealose foi capaz de retardar a fase progressiva de uma doença semelhante à esclerose múltipla (EM) em experimentos com ratos. A trealose é um açúcar vegetal identificado em 1859 em insetos coleópteros e também é produzido por plantas e fungos.


A EM se caracteriza por neuroinflamação crônica no sistema nervoso central complicada por episódios de agudização. Após as crises, ocorre um processo de recuperação, mas que tende a não conseguir manter a higidez da função neurológica com o passar do tempo. Sendo assim, a doença se caracteriza por déficit neurológico progressivo que os pesquisadores entendem ser uma das características cruciais da doença.


Estudos anteriores da equipe evidenciaram que a progressão da doença se relaciona à progressiva perda da capacidade de autofagia pelas células da micróglia e um gene cujo bloqueio também afeta a autofagia. No estudo atual, foi demonstrado que a inclusão de trealose na dieta dos animais foi capaz de melhorar a função autofágica da glia.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia, no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play



DOCMEDIA_ICONE_HIG_RES_WHITE.png

healthcare innovation

Atenção: Docmedia é um espaço informativo de divulgação e educação sobre temas relacionados à saúde, tecnologias e pesquisas científicas. Não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
© 2020 Pharmedia Informática Ltda