Buscar

Anticonvulsivante na gestação ligado a maior risco de distúrbios neurológicos na prole


A epilepsia é um dos distúrbios neurológicos mais comuns de serem vistos em mulheres grávidas e o controle das crises habitualmente requer a prescrição de uma droga antiepiléptica (DAE). Entretanto, estudos têm encontrado associações entre o uso de DAE na gestação e ocorrência de malformações congênitas e distúrbios do neurodesenvolvimento (DN).


Uma vez que há escassez de dados sobre o risco de DN na prole por uso de DAE durante a gestação, pesquisadores da Agência Nacional Francesa para a Segurança de Medicamentos e Produtos de Saúde (ANSM) decidiram investigar o assunto. Foram utilizados dados de 1.721.990 bebês nascidos entre janeiro de 2011 e dezembro de 2014, desde o nascimento até dezembro de 2016 pertencentes ao Sistema Nacional de Dados de Saúde da França.


A análise dos dados evidenciou uma série de informações sobre o risco de diversos DAE, com destaque para aumento de risco relevante associado ao valproato de sódio (VPA).


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia, no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play



2 visualizações