Buscar

Estudo desvenda mecanismo molecular crítico à memória de longo prazo


Pesquisadores da Universidade de Basel publicaram um artigo com a descoberta de um mecanismo molecular crítico à formação e manutenção da memória de longo prazo.


O artigo da equipe narra uma série de experimentos realizados com o verme nematódeo Caenorhabidtis elegans. A utilização do verme se deveu à presença de processos de memória de curto e longo prazo e diversas vias moleculares conservadas entre esses animais e humanos.


Além disso, o ciclo de vida curto do animal facilita o acompanhamento no tempo. O foco do estudo foi o gene MPS-2, que codifica uma proteína que é parte de um canal iônico de potássio dependente de voltagem (Kv) presente nas células neuronais. A razão disso é que a excitabilidade das células neuronais está relacionada à ocorrência de processos de memória e aprendizado.


A supressão de MPS-2 em um grupo de animais mostrou que a memória de curto prazo foi mantida intacta, mas, com o passar do tempo, houve progressiva dificuldade em reter o aprendizado. Por fim, os pesquisadores demonstraram que o MPS-2 é reduzido por um processo ativo durante o envelhecimento. Em conjunto, os resultados do estudo sugerem abordagens potenciais para os distúrbios de memória relacionados à idade.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia, no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play



7 visualizações
DOCMEDIA_ICONE_HIG_RES_WHITE.png

healthcare innovation

Atenção: Docmedia é um espaço informativo de divulgação e educação sobre temas relacionados à saúde, tecnologias e pesquisas científicas. Não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
© 2020 Pharmedia Informática Ltda