Buscar

Estudo identifica estratégia potencial contra resistência bacteriana


A resistência aos antibióticos é uma séria questão de saúde pública, uma vez que o desenvolvimento de novas drogas não acompanha o desenvolvimento de resistência.


As estratégias atuais para o enfrentamento do problema incluem o combate ao uso empírico e desnecessário dessas medicações, vacinas desenvolvidas para doenças respiratórias e a associação de antibióticos. Todas essas estratégias tem valor para o combate da resistência em nível populacional, mas não se aplicam ao tratamento de infecções em um indivíduo em particular. Sendo assim, estratégias que possam ser utilizadas no nível individual são extremamente necessárias.


A novidade é que pesquisadores da Universidade da Pensilvânia descobriram um medicamento capaz de reduzir a formação de resistência em um importante patógeno causador de infecções graves. Inoculando ratos com Estreptococcus faecium, um colonizador assintomático do intestino que pode causar infecções graves e sepse, os pesquisadores confirmaram a formação de resistência ao tratamento com daptomicina, um dos poucos antibióticos disponíveis para a situação.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia, no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play



1 visualização
DOCMEDIA_ICONE_HIG_RES_WHITE.png

healthcare innovation

Atenção: Docmedia é um espaço informativo de divulgação e educação sobre temas relacionados à saúde, tecnologias e pesquisas científicas. Não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
© 2020 Pharmedia Informática Ltda