Buscar

Estudo identifica neurônios e expressão gênica relacionadas às crises epiléticas


Quais neurônios específicos contribuem para a epileptogênese (EPG) durante uma crise e que modificações em sua carga genética são necessárias para que isso aconteça? Responder à essa pergunta foi o objetivo de pesquisadores da Universidade de Copenhagen e do relatório Rigshospitalet desenvolveram o maior estudo de transcriptoma de núcleo único (TNU) para doenças neurológicas.


Basicamente, o que foi feito foi comparar a expressão gênica em cérebros saudáveis e cérebros com epilepsia temporal múltipla. Esse trabalho evidenciou subtipos neuronais distintos de várias famílias de neurônios principais (L5-6_Fezf2 e L2-3_Cux2) e interneurônios GABAérgicos (Sst e Pvalb) como aqueles com a expressão gência mais afetada e por isso mais suspeitos de contribuírem para a EOG. Esse novo conhecimento pode levar a abordagens de tratamento inteiramente novas para a doença..


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia, no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play



DOCMEDIA_ICONE_HIG_RES_WHITE.png

healthcare innovation

Atenção: Docmedia é um espaço informativo de divulgação e educação sobre temas relacionados à saúde, tecnologias e pesquisas científicas. Não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
© 2020 Pharmedia Informática Ltda