Buscar

Estudo indica como a obesidade afeta a resposta imune antitumoral


Estudos relacionam a obesidade com maior risco de alguns tipos de câncer, pior prognóstico e sobrevida. Esses dados refletem descobertas a respeito de como a obesidade impulsiona o crescimento tumoral por meio de alterações metabólicas ou inflamação crônica.


Entretanto, o conhecimento das interações entre obesidade e câncer ainda é incompleto, especialmente no que se refere à resposta imune no microambiente do tumor (MT).


A novidade é um estudo sobre o tema conduzido por pesquisadores da Harvard Medical School. Os pesquisadores utilizaram modelos murinos de 4 tipos de tumor e os alimentaram com dieta padrão ou rica em gordura, que redundou em ganho de peso. Além disso, pesquisaram as células presentes no tumor e diversas moléculas dentro e fora do MT.


A estratégia identificou uma adaptação metabólica sofrida pelas células cancerígenas e que as faz exaurir a energia do MT e com isso prejudicar a função das células imunes. Por fim, uma proteína foi identificada, cuja modulação consegue reverter esse fenômeno e restabelecer a função das células imunes..


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia, no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play



16 visualizações
DOCMEDIA_ICONE_HIG_RES_WHITE.png

healthcare innovation

Atenção: Docmedia é um espaço informativo de divulgação e educação sobre temas relacionados à saúde, tecnologias e pesquisas científicas. Não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
© 2020 Pharmedia Informática Ltda