Buscar

Estudo relaciona deficiência de vitamina D com sério distúrbio metabólico


Estudos recentes ligam a deficiência de vitamina D (VitD) a diversos processos patológicos que incluem câncer, osteoporose, diabetes e maior suscetibilidade a quadros graves de covid-19. Tradicionalmente, a VitD é conhecida por seu papel no metabolismo do cálcio, em especial no tecido ósseo. A suplementação de VitD no leite industrializado teve início na década de 1900 em consequência de uma epidemia de raquitismo.


Agora, um estudo conduzido por pesquisadores da Universidade Estadual da Carolina do Norte reafirma a importância da VitD para o equilíbrio metabólico geral durante o desenvolvimento. O trabalho observou o desenvolvimento de peixes-zebra submetidos a dietas com e sem VitD. Foi verificado que os animais insuficientes apresentaram um distúrbio metabólico do direcionamento da energia no corpo que os fez crescer menos e acumular mais gordura que seus pares. A alteração foi apenas parcialmente revertida com a posterior suplementação de VitD.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia, no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play



DOCMEDIA_ICONE_HIG_RES_WHITE.png

healthcare innovation

Atenção: Docmedia é um espaço informativo de divulgação e educação sobre temas relacionados à saúde, tecnologias e pesquisas científicas. Não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
© 2020 Pharmedia Informática Ltda