Buscar

Estudo sugere que hormônio grelina é crítico na demência do Parkinson


Parte considerável, algo como 70%, dos pacientes com doença de Parkinson (DP) desenvolverá um quadro demencial durante a evolução da doença. Percentual semelhante de pacientes com DP perderá peso no curso da doença e são exatamente esses com perda ponderal que apresentam o maior risco de demência. Isso chamou a atenção de pesquisadores para uma possível influência de hormônios intestinais nos quadros demenciais da DP.


Para investigar isso, pesquisadores da Swansea University Medical School recorreram a estudos em modelos animais e seres humanos que mostraram um papel crítico do hormônio grelina na neurogênese e uma forma de transformar o hormônio em um potencial biomarcador precoce de demência na doença de Parkinson.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia, no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play



10 visualizações