Buscar

Infecções consecutivas por arbovírus como fator de risco para AVC


Um estudo da Universidade de Liverpool publicado recentemente afirma que infecções passadas por dois diferentes arbovírus, o Zika e o Chikungunya, podem ser um gatilho para sérias complicações cardiovasculares.


O estudo investigou sinais genéticos e sorológicos de infecção viral em uma população acometida por complicações neurológicas agudas atendidas em uma localidade com passado de epidemias de dengue, Zika e Chikungunya. Segundo a equipe, embora cada vírus possa se relacionar isoladamente com algumas complicações de ordem neurológica, a combinação entre as duas infecções aumentou de forma significativa um evento cardiovascular específico, o AVC, em especial quando os indivíduos já possuíam outros fatores de risco.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia, no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.



Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play


Docmedia, Inovação em saúde

DOCMEDIA_ICONE_HIG_RES_WHITE.png

healthcare innovation

Atenção: Docmedia é um espaço informativo de divulgação e educação sobre temas relacionados à saúde, tecnologias e pesquisas científicas. Não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
© 2020 Pharmedia Informática Ltda