Buscar

Pesquisa desenvolve escore prognóstico para COVID-19 baseado em dados hemocitométricos


Desde o início da pandemia causada pelo COVID-19 ( Sars-CoV2) diversos estudos exploraram o valor diagnóstico ou prognóstico de vários fatores, entre eles idade, sexo, tomografia computadorizada, parâmetros bioquímicos e hematológicos. No entanto uma grande maioria apresentava-se limitada geograficamente com alto risco de viés e sem coorte de validação.


Pensando nisso pesquisadores holandeses ao acompanhar alterações em parâmetros hemocitométricos distintos, validaram seis variáveis (parâmetros ou proporções dos mesmos) que preencheram critérios de seleção pré-especificados, para desenvolvimento de um escore prognóstico, podendo ser usado precocemente para identificar aqueles pacientes com probabilidade de piorar posteriormente beneficiando-se da UTI logo na admissão.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia, no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play



20 visualizações