Buscar

Suplementação com análogo da vitamina B3 pode melhorar a imunoterapia do câncer


Um fenômeno visto no câncer é a exaustão dos linfócitos T CD8 que infiltram o tumor (TIL). O intrigante é que são exatamente os TIL que deveriam atacar e eliminar as células cancerígenas. Mas como fazer isso se já chegam em fase de exaustão?


Um grupo de pesquisadores do Ludwig Institute for Cancer Research afirmam terem decifrado o mecanismo envolvido na exaustão dos TILs e também uma molécula capaz de reverter o fenômeno. Segundo a equipe, a contínua exposição dos TILs a antígenos do câncer, estressores ambientais e sinalização PD-1 provocam disfunção mitocondrial ao reduzir a mitofagia, que é o processo de reposição dessas organelas. Com o tempo, esse fenômeno gera uma reprogramação epigenética que leva as TILs para a exaustão terminal.


Um análogo da vitamina B3 (ribosídeo nicotinamida) foi capaz de estimular a mitofagia e melhorar a função das TIL in vitro. Já em experimentos com modelos murinos de câncer, a suplementação foi associada com imunoterapia anti-PD-1 e anti-CTLA-4, levando a significativa diminuição do crescimento tumoral..


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia, no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play



DOCMEDIA_ICONE_HIG_RES_WHITE.png

healthcare innovation

Atenção: Docmedia é um espaço informativo de divulgação e educação sobre temas relacionados à saúde, tecnologias e pesquisas científicas. Não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
© 2020 Pharmedia Informática Ltda