Buscar

Droga cardíaca contra inflamação mostra bons resultados contra a obesidade


A obesidade é um importante problema de saúde, com estimativas de que já alcance 2,5 bilhões de pessoas, quando incluído o sobrepeso. Previsões dão conta de que 51% da população mundial será obesa em 2030. Os principais tratamentos para obesidade, que incluem dieta, exercícios e medicações, são difíceis de implementar e levam a uma perda ponderal média pequena na prática. Já os métodos cirúrgicos são invasivos e reservados aos casos graves devido aos efeitos colaterais.


É sabido hoje que a obesidade é uma doença inflamatória crônica, onde há uma reação inflamatória do corpo ao excesso de nutrientes. A novidade é que pesquisadores do Centro Nacional de Pesquisa do Câncer, na Espanha, exploraram esse conhecimento e criaram uma estratégia terapêutica com foco na inflamação.


No estudo, um grupo de camundongos obesos por dieta passou a receber uma antiga droga utilizada em cardiologia. Como resultado, ainda que mantida a dieta rica em gordura, os animais começaram a perder peso e normalizar a síndrome metabólica. Ao final de 1 mês, a perda ponderal alcançou 41%, configurando o que a equipe classificou como uma importante oportunidade a ser explorada no tratamento da obesidade.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

25 visualizações