Buscar

Droga experimental inibe progressão do melanoma em estudo


O melanoma é um tumor conhecido por ser agressivo, mostrar propensão à invasão e por disseminar metástases precocemente no curso da doença. Em conjunto, essas características tornam o melanoma um importante desafio terapêutico, já que seu resultado costuma ser a resistência medicamentosa, falha terapêutica e consequente morte.


A novidade é que pesquisadores da Universidade de Boston identificaram uma droga capaz de atuar em diversos mecanismos de promoção do tumor e, com isso, inibir sua progressão de forma consistente. Resumidamente, o estudo identificou a atuação oncogênica redundante de uma família de fatores de transcrição relacionados à progressão do melanoma.


Felizmente, o YK-4-279, droga experimental utilizada no estudo, mostrou ser capaz de inibir toda essa família de promotores oncogênicos, resultando na inibição clínica da progressão do melanoma.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

11 visualizações