Buscar

Estratégia combinada pode aumentar sensibilidade de tumores frios ao tratamento


O microambiente tumoral (MAT) do carcinoma de células escamosas de cabeça e pescoço (CCECP) não induz resposta inflamatória e infiltração por células imunes, originando a denominação “tumor frio”. Tumores frios podem ter a resposta à imunoterapia prejudicada mesmo quando associada à radioterapia (RT).


Um estudo de pesquisadores da Universidade do Colorado buscou desenvolver estratégias para reprogramar o MAT imunossupressor e melhorar a resposta antitumoral. Utilizando diferentes modelos murinos de CCECP, os pesquisadores conseguiram identificar duas estratégias capazes de restabelecer a resposta imune antitumoral e inibir a progressão do câncer em tumores frios com padrões de resistência ao tratamento diferentes, ambas com potencial impacto na clínica diária.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

3 visualizações