Buscar

Estudo abre nova fronteira de estudos no tratamento do câncer


O câncer se inicia por uma mutação genética capaz de perverter os controles celulares para o crescimento, resultando em proliferação descontrolada. Ainda que esta seja a característica primordial do câncer, nada mais ocorrendo, o sistema imunológico teria facilidade em detectar e eliminar essas células anormais. Sendo assim, além do crescimento, são também cruciais para a tumorigênese modificações que ajudam o câncer a driblar o sistema imune.


A novidade é que pesquisadores do Brigham and Women’s Hospital dizem que seu trabalho mais recente reafirma e aumenta a importância dos genes supressores tumorais (GSTs) e sua relação com o sistema imune no processo de tumorigênese.


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

2 visualizações