Buscar

Estudo aproxima ainda mais consumo de carne vermelha e risco de câncer colorretal


A Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer declarou em 2015 que a carne processada é cancerígena e que a carne vermelha provavelmente é cancerígena para humanos. A declaração é resultado de estudos relacionando o consumo deste tipo de alimento e maior risco de câncer colorretal (CCR).


Estudos em animais demonstraram a formação de compostos carcinogênicos no cólon após ingestão de carne vermelha. Entretanto, não há a demonstração molecular de que o consumo de carne vermelha leve a mutações padronizadas no CCR que confirmem a causalidade.


Agora, um estudo de pesquisadores do Dana-Farber Cancer Institute (Harvard) e do Broad Institute (MIT) anuncia a identificação de uma assinatura mutacional indicativa de danos ao DNA que apresenta vínculo com o consumo de carne vermelha e aumento da mortalidade por CCR.


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

6 visualizações