Buscar

Estudo demonstra microbioma e consumo de peixe como críticos para a função cognitiva


Dieta e atividade física são considerados os pilares de um estilo de vida saudável. Mais recentemente, a demonstração da importância do microbioma intestinal em diversos processos orgânicos e da existência de um eixo intestino-cérebro mediado por metabólitos bacterianos torna ainda mais relevante a contribuição da alimentação para o status de saúde, em especial da função cognitiva.


Nesse sentido, a novidade é que pesquisadores da Nottingham Trent University e Queen Mary University de Londres afirmam ter identificado o mecanismo pelo qual o consumo de peixes na dieta favorece a função cognitiva cerebral.


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

8 visualizações