Buscar

Estudo demonstra que Lockdown é medida restritiva eficaz


Em um momento em que o país enfrenta o pior momento na pandemia até agora, com diversos sistemas de saúde em colapso, muito se discute sobre medidas restritivas mais duras de isolamento social, como o Lockdown.


O argumento dos favoráveis é o achatamento da curva de contágio, de forma a aliviar o sistema de saúde. Já os contrários à medida, alegam seu alto custo social e econômico e também a falta de base científica para sua implementação.


Embora a eficácia da medida possa ser sugerida por significativa redução nos números da pandemia em locais isolados que a aplicaram, pesquisadores da Universidade de Nápoles Frederico II decidiram realizar um de análise de painel quantitativa de forma aferir a eficácia do Lockdown em países que o implantaram e preencher essa lacuna na literatura.


Para isso, foi compilado um conjunto de dados longitudinais com observação de diversos países, estimando o impacto da medida por meio de efeitos fixos de mínimos quadrados generalizados, efeitos aleatórios, equação de estatística generalizada e modelos lineares hierárquicos.


As variáveis básicas foram o número diário de casos e as medidas restritivas adotadas. Só foram considerados países que instituíram o bloqueio nacionalmente, de forma a evitar viezes. Desta forma, foram identificadas 272 medidas restritivas em 100 ao longo do tempo, que foram comparadas com os mesmos dados em um conjunto de países que não implementou tais medidas.


Segundo a equipe, os resultados mostraram que implementação do Lockdown foi eficaz em reduzir o número de novos casos. O Lockdown reduziu o R0, ou seja, o número de novas pessoas infectadas por cada infectado e mostrou um efeito no tempo que se prolonga por até 20 dias após sua implementação, dado que serve de orientação para o período de tempo da medida restritiva.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

11 visualizações