Buscar

Estudo encontra evidências de que o microbioma pode influir nas preferências alimentares


É comum encontrarmos diferenças nas preferências alimentares entre as pessoas. Entretanto, ainda não é explicado por completo o que leva à essa heterogeneidade na escolha da dieta.


Já foi identificada uma constante conversa entre cérebro e intestino mediada por diferentes moléculas, como é o caso da regulação do apetite e saciedade.


Essa descoberta gerou uma interessante teoria de que, por serem capazes de produzirem algumas dessas moléculas sinalizadoras a partir do metabolismo do conteúdo alimentar, o microbioma seria também capaz de influenciar escolhas alimentares.


A novidade é que pesquisadores da Universidade de Pittsburgh decidiram investigar essa questão na prática e encontraram evidências de que algumas de nossas escolhas alimentares são, em verdade, determinações de espécies do nosso microbioma.


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

6 visualizações