Buscar

Estudo identifica duplo papel da interleucina 3 na patogênese da asma


A maioria dos asmáticos podem ser adequadamente controlados com a utilização de corticoides e agentes broncodilatadores.


Entretanto, alguns não respondem à essa terapia padrão e apresentam quadros recorrentes que podem requerer hospitalização ou representar risco de morte.


Em função disso, a identificação de novas nuances da patogênese da doença que possam levar a estratégias eficazes de tratamento nesses casos é necessária.


Nesse contexto, um grupo de pesquisadores da Universitätsklinikum Erlangen, na Alemanha, anunciaram evidências de que uma substância considerada pró-inflamatória na asma brônquica também pode ser utilizada para aliviar os sintomas da doença.


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

2 visualizações