Buscar

Estudo identifica potencial biomarcador precoce do melanoma e foca na prevenção


Entre os cânceres de pele mais comuns, o melanoma tem destaque por sua agressividade.


Embora a doença seja curável apenas com cirurgia nas fases mais iniciais, os números do melanoma metastático são desafiadores.


Curiosamente, a pesquisa desse tipo de tumor sofreu uma guinada com o surgimento da imunoterapia, que se mostrou modificadora em parte dos tumores mais avançados.


Agora, pesquisadores da Universidade da Califórnia (Davis) retornam o foco da pesquisa para as fases mais iniciais do processo e o diagnóstico precoce ao identificarem potenciais biomarcadores precoces da doença.


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

6 visualizações