Buscar

Estudo identifica proteína com papel crucial na cicatrização de feridas na pele


Os queratinócitos são o tipo celular mais numeroso na epiderme e, após uma lesão, migram para restabelecer a função de barreira da pele durante o processo de cicatrização. Há evidências de que fatores mecânicos contribuem para o direcionamento dos queratinócitos nesse processo, mas os transdutores moleculares e os mecanismos biofísicos envolvidos permanecem desconhecidos.


Agora, pesquisadores da Universidade da Califórnia (Irvine) afirmam ter identificado uma proteína associada a um canal iônico como desempenhando um papel fundamental na regulação da velocidade do processo de cicatrização cutânea.


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

15 visualizações