Buscar

Estudo identifica terapia potencial para efeitos de longo prazo do trauma cerebral


A lesão cerebral traumática é uma causa relevante de incapacidade no mundo. Dias, meses ou anos após o trauma, algumas pessoas desenvolvem sintomas neurológicos decorrentes de lesões cerebrais secundárias. Entre esses sintomas, neurodegeneração, epilepsia e distúrbios do sono são os mais prevalentes, havendo uma necessidade não atendida de tratamentos que previnam esse tipo de lesão.


A novidade é que pesquisadores do Instituto Gladstone em colaboração com a biofarmacêutica Annexon Biosciences fizeram uma descoberta que pode levar à prevenção desse tipo de lesão.


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

3 visualizações