Buscar

Estudo mostra a influência do exercício físico no prognóstico do câncer de esôfago


O câncer de esôfago é a oitava neoplasia mais frequente no mundo, acometendo duas vezes mais homens que mulheres e tendo o carcinoma epidermoide de células escamosas respondendo pela enorme maioria dos casos (96%).


O tratamento da doença tem como pilares a quimioterapia e a cirurgia, sendo o estadiamento e a resposta à quimioterapia os principais fatores prognósticos.


A novidade é que pesquisadores doGuy's e St Thomas's Hospitals NHS Trust afirmam que o exercício físico pode ser outro fator a influenciar significativamente o prognóstico.


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

3 visualizações