Buscar

Estudo reforça função de depuração de detritos nocivos pelo sono


Em uma visão grosseira, o sono, um estado biológico vastamente conservado entre as espécies, é um período de vulnerabilidade, onde o organismo fica sem defesa contra ataques externos.


Por outro lado, cada vez mais estudos relacionam o sono com melhoras no peso corporal, imunidade e produtividade, sugerindo pistas do porquê este seja um fenômeno tão conservado entre as espécies. Agora, pesquisadores da Northwestern University publicaram um artigo recente reforçando a importância do sono de qualidade para a saúde.


Experimentos em moscas-de-fruta permitiram aos pesquisadores estabelecer a conexão entre um estado de sono profundo dos animais e incremento da função de depuração de resíduos tóxicos no organismo, melhorando o entendimento do motivo pelo qual o sono é uma função tão primordial.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

20 visualizações