Buscar

Estudo reforça possível link entre infecção por zika vírus e autismo


O zika vírus (ZV) foi associado a um dramático surto de microcefalia no Brasil em 2015. Devido ao neurotropismo e pistas moleculares deixadas, pesquisadores começaram a relatar distúrbios neurológicos associados a partir de experimentos in vitro e in vivo. Foi demonstrado que as células neurais infectadas por ZV liberam mediadores inflamatórios que são relacionados a doenças psiquiátricas.


Curiosamente, alterações neuroimunes são comuns no transtorno do espectro autista (TEA) e marcadores moleculares de TEA foram relatados em células-tronco mesenquimais infectadas por ZV.


Agora, um estudo de caso de pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e do Hospital de Clínicas de Porto Alegre reforça um possível link entre TEA e infecção por ZV.



Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

12 visualizações