Buscar

Estudo sugere novo fator de risco para aneurismas cerebrais e sua ruptura


Os aneurismas intracranianos (AI) são malformações vasculares que acometem 3% da população adulta mundial.


A maioria dos AI jamais se romperá, mas isso acontece em 2,5% dos casos, provocando hemorragia subaracnoide (HSA).


Em função da gravidade e letalidade dos eventos de HSA aneurismal, é importante identificar os fatores de risco modificáveis para a formação de AI e sua ruptura.


Agora, um estudo de pesquisadores do Instituto Karolinska reforça a importância de dois fatores de risco tradicionais, mas traz um fator modificável inteiramente novo.


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

22 visualizações