Buscar

Estudo sugere que droga reposicionada pode retardar os efeitos da degeneração macular


A degeneração macular relacionada à idade (DMRI) é a principal causa de perda da visão, acometendo indivíduos principalmente após os 50 anos. A doença implica a degeneração da parte central da retina, a mácula, com perda das células fotorreceptoras.


Atualmente, ainda não existe tratamento eficaz para reverter as alterações da DMRI, ou mesmo retardá-las.


A novidade é que um grupo de pesquisadores liderado por integrantes do Doheny Eye Institute, em Los Angeles, afirma ter identificado uma droga já aprovada para uso humano e que tem a capacidade de retardar o aparecimento da DMRI em algumas pessoas.


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

8 visualizações