Buscar

Exercício de alta intensidade é a melhor estratégia para osteoporose após a menopausa


Já há consenso de que a atividade física é benéfica à saúde em geral. Esse tema ganha especial importância quando se trata de mulheres menopausadas, nas quais ocorre progressiva perda de densidade mineral óssea (DMO).


A associação da perda de DMO com o declínio funcional encontrado nessa etapa de vida, em especial a perda de força muscular e equilíbrio, podem resultar em quedas e fraturas que comprometem a qualidade e até mesmo a expectativa de vida. Ainda assim, não existe um consenso sobre as medidas que devem ser adotadas para a melhora desses parâmetros neste grupo populacional.


A novidade é um estudo de pesquisadores da Bone Clinic de Brisbane (Austrália) afirmando que um programa de exercícios físicos de alta intensidade é mais efetivo que um programa de pilates em promover saúde motora e osteomuscular para essas pacientes.


Curadoria: Dr. Guilherme Rocha, médico especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela FEBRASGO.


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

1 visualização