Buscar

Expressão gênica da placenta é importante na predição de risco de esquizofrenia


A esquizofrenia (EQZ) é uma doença psiquiátrica com surgimento no início da idade adulta e que afeta mais de 20 milhões de pessoas no mundo. Embora se manifeste no início da idade adulta, a doença evolui de uma complexa interação de fatores genéticos e ambientais presentes desde a vida intrauterina.


Normalmente, a maioria dos indivíduos com uma carga genética desfavorável conseguirá fazer compensações durante o desenvolvimento de forma a não apresentar os sintomas da doença. A novidade é que pesquisadores do Instituto Lieber para o Desenvolvimento do Cérebro e da Universidade da Carolina do Norte afirmam que os indivíduos com maior risco de desenvolver EQZ podem ser identificados desde cedo, permitindo a ocorrência de intervenções precoces que podem favorecer a compensação dos fatores de risco de forma a impedir o desenvolvimento dos sintomas.


Segundo a equipe, foi identificada uma clara relação entre carga genética e ocorrência de complicações durante a gestação levando a anormalidades do desenvolvimento cerebral que podem favorecer a ocorrência de EQZ.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

6 visualizações