Buscar

Fungo ligado a alimentos dificulta a cicatrização da mucosa na doença de Crohn


A doença de Crohn (DC) é um distúrbio inflamatório crônico que cursa com períodos de agudização. Durante as crises, abrem-se várias úlceras na mucosa intestinal, levando a sintomas como dor, sangramento e diarreia. Ainda que eliminar essas úlceras não ataque a causa da DC, poderia evitar períodos de sofrimento para os doentes.


Nesse contexto, pesquisadores da Universidade de Washington e da Cleveland Clinic publicaram um interessante artigo relatando que um fungo ligado à produção de certos alimentos possui um papel importante para perpetuar essas ulcerações. Segundo os autores, embora o Debaryomyces hansenii seja comumente encontrado nas fezes humanas, ele quase não aparece na mucosa intestinal sadia, mas frequente na mucosa ulcerada dos pacientes com DC.


No estudo, o tratamento com um antifúngico em animais modelo de DC (camundongos) foi capaz de eliminar o fungo e acelerar a cicatrização. Uma vez que se trata de fungo adquirido pela alimentação, são sugeridas medidas dietéticas e uso de antifúngicos para ajudar no controle clínico da DC.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

17 visualizações