Buscar

Gravidade da psoríase pode ser modulada pelos níveis de proteína imune específica


A psoríase é a doença autoimune mais prevalente nos Estados Unidos e no mundo afeta cerca de 2% da população. Embora a gravidade dos sintomas seja extremamente variável, a doença representa um problema cotidiano relevante para a maioria dos portadores.


Agora, dados recentes de um estudo conduzido por pesquisadores da Universidade de Michigan sugerem que os níveis de uma proteína específica na pele se correlacionam com a gravidade dos sintomas da psoríase.



Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

11 visualizações