Buscar

Há um link entre defesa contra patógenos e absorção de nutrientes no intestino


Um estudo de pesquisadores da Universidade de Yale publicado na revista Science traz uma nova perspectiva sobre o papel das células imunes residentes no intestino para o desenvolvimento de funções vitais do órgão. O intestino está em contato permanente com o meio externo devido à presença do bolo alimentar e do pool bacteriano que lá habita.


As principais funções do intestino são a proteção contra patógenos presentes na luz intestinal e suas toxinas, assim como a absorção dos nutrientes necessários à manutenção da vida. É sabido que a população de células imunes do intestino colabora ativamente na função de defesa, induzindo remodelação das células epiteliais do intestino em resposta à presença de patógenos.


Com isso em mente, a equipe de Yale hipotetizou uma possível atuação dessas mesmas células imunes na regulação da função de absorção dos nutrientes. A investigação foi feita analisando a expressão gênica das células intestinais em resposta a diferentes tipos de dieta controlada, o que permitiu descobrir que um subgrupo de células imunes do intestino atua para melhorar a absorção de carboidratos em resposta à maior disponibilidade deste nutriente.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

19 visualizações