Buscar

Identificada proteína que ajuda na função normal das ilhotas pancreáticas


Pesquisadores da Universidade de Graduação de Okinawa e do Riken Center of Integrative Medical Sciences anunciaram em artigo a identificação de uma proteína crucial para a manutenção do perfeito funcionamento das células beta das ilhotas pancreáticas.


O estudo utilizou modelos de camundongo e focou na proteína CNOT3. Essa proteína é expressa em diversos tecidos corporais, regulando diferentes genes em diferentes tecidos. Uma função geral constante da CNOT3 é preservar o bom funcionamento das células nos diversos tecidos.


O estudo é importante porque desvenda mais uma porção da fisiologia das células beta do pâncreas e pode trazer novos insights de tratamento para o diabetes.


Quer saber mais?


Veja esse artigo na íntegra e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia, no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play



2 visualizações