Buscar

Identificada via relacionada ao envelhecimento cerebral passível de modulação


Uma causa inflamatória impulsionando o processo de envelhecimento e as doenças que o acompanham é uma antiga teoria em biologia. Agora, pesquisadores da Universidade de Stanford publicaram um artigo corroborando essa teoria com a descoberta de um mecanismo pró-inflamatório crítico no metabolismo cerebral.


Experimentos em células humanas e camundongos identificaram um incremento da produção de prostaglandina E2 (PGE2) associado à idade em conjunto com maior expressão do receptor específico EP2. Tais efeitos são vistos principalmente em uma determinada célula imune, o macrófago derivado de monócito, e nas células da glia.


Com o mecanismo identificado, a utilização em ratos idosos de moléculas experimentais que bloqueiam a ligação PGE2-EP2 foi suficiente para reverter todas as alterações causadas pela PGE2 e provocar melhora nas respostas cognitivas dos animais.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

11 visualizações