Buscar

Identificado mecanismo crítico na colonização intestinal por Salmonella


As células epiteliais, sejam elas localizadas na pele, em mucosas, ou no interior dos órgãos, normalmente funcionam como uma barreira física entre o meio externo e o interior do corpo. Uma das funções dessa barreira é a proteção com patógenos, incluindo vírus e bactérias. Agora, um estudo de pesquisadores do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas (Laboratórios Rocky Mountain) demonstra como a bactéria Salmonella é capaz de sequestrar essa barreira de defesa e a utilizar em benefício de seu próprio processo patogênico.


A partir da descoberta anterior dos locais de replicação da Salmonella dentro das células hospedeiras, os pesquisadores investigaram a influência de cada um deles para a sustentação da colonização do intestino e promoção da transmissão fecal-oral.




Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

6 visualizações