Buscar

Identificado mecanismo de parto prematuro ligado ao estresse


O parto é considerado prematuro (PP) quando ocorre antes da 37ª semana de gestação. Muitas vezes é possível correlacionar PP com a presença de infecções maternas, sendo as mais comuns relacionadas aos tratos urinário e genital. Entretanto, no restante dos episódios de PP não é possível identificar uma causa, ficando o quadro classificado como idiopático.


A novidade é que pesquisadores da University of South Florida Health anunciaram terem identificado um mecanismo relacionado ao estresse como causador de PP idiopático. O artigo da equipe conta que foram utilizadas na pesquisa células deciduais maternas e um modelo murino de gestação para investigar a função da proteína responsiva ao estresse FKBP51.


Os experimentos mostraram que a expressão de FKBP51 é aumentada nas células deciduais de mulheres com PP idiopático e que o bloqueio genético da proteína causa prolongamento anormal da gestação. Segundo a equipe, FKBP51 aumentada atua para anular o efeito protetor da progesterona contra o PP. Esses resultados sugerem o bloqueio de FKBP51 como possível terapia para a prevenção de PP idiopático.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

17 visualizações