Buscar

Identificado mecanismo para terapia direcionada contra inflamação intestinal


A principal função dos ácidos biliares (AB) é a de emulsionar as gorduras presentes na dieta. Exatamente por essa função detergente, os AB podem causar toxicidade e inflamação nos tecidos com que fazem contato, em especial hepático, onde são produzidos, mucosa intestinal e sistema imune.


Receptores nucleares são responsáveis por manter a homeostase dos AB em relação aos hepatócitos e enterócitos, mas ainda não é claro como isso acontece em relação às células imunes presentes na mucosa intestinal. Agora, um estudo de pesquisadores da Scripps Research conseguiu determinar como essa proteção em relação aos AB se dá para as células imunes da mucosa intestinal.


Experimentos em modelos murinos foram utilizados para estudar o sistema imune relacionado à mucosa intestinal e suas interações com AB. Com isso, foi identificado um alvo potencialmente drogável que pode servir como estratégia local e direcionada de combate à inflamação da mucosa, evitando as desvantagens e complicações da corticoterapia sistêmica.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

14 visualizações