Buscar

Identificado novo mecanismo de reparo dos danos ao DNA causados pelo álcool


Diversas substâncias genotóxicas podem promover danos ao DNA que predispõe essas células à morte ou ao desenvolvimento de câncer.


Uma dessas substâncias é o álcool, que após ser consumido gera metabólitos genotóxicos como o acetaldeído.


O acetaldeído causa reticulação entre cadeias (ICL) no DNA - um tipo perigoso de dano ao DNA.


Como resultado, obstrui a divisão celular e a produção de proteínas.


Resumidamente, essas ICL são uma ligação fora de lugar entre dois filamentos de DNA induzida pelo acetaldeído.


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

2 visualizações