Buscar

Identificado potencial alvo terapêutico na aterosclerose


A aterosclerose é o fenômeno de deposição de gorduras circulantes na parede dos vasos sanguíneos. Esse processo causa inflamação local e progressiva diminuição da passagem de fluxo sanguíneo para os tecidos, sendo responsável por quadros como infarto agudo do miocárdio (IAM) e acidente vascular cerebral isquêmico (AVCI).


A prevenção da aterosclerose tradicionalmente é feita com medidas de intervenção no estilo de vida, como dieta saudável e exercícios físicos. O controle da pressão arterial também é importante, porque reduz o estresse e as lesões na parede vascular. Mais recentemente, pesquisadores se voltaram para o fenômeno da inflamação, com pesquisas mostrando que sua redução pode ajudar a prevenir IAM e AVC.


Agora, pesquisadores do Radboud University Medical Center, na Holanda, relatam ter descoberto uma proteína que parece desempenhar um papel importante no processo inflamatório da aterosclerose. Experimentos em camundongos manipulando vias metabólicas de macrófagos atentaram para essa proteína, a prosaposina, cuja inativação resulta em diminuição da inflamação e do tamanho das placas.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

5 visualizações