Buscar

Nanotecnologia utilizada com sucesso contra o câncer colorretal


O câncer colorretal (CCR) é o terceiro câncer mais comum no mundo e o terceiro mais letal. Anualmente, são aproximadamente dois milhões de novos diagnósticos de CCR. Além da cirurgia, a quimioterapia é uma importante forma de tratamento, sendo que a capecitabina é a droga de primeira linha para o CCR.


Devido à sua curta vida média, altas doses de capecitabina são administradas sistemicamente, atingindo tanto as células cancerígenas como as células sadias. Clinicamente, esse fato se materializa com o surgimento de diversos efeitos colaterais tóxicos, como fortes dores nas mãos e nos pés, dermatite, náusea, vômito, tontura e perda do paladar.


A novidade é um estudo que reuniu pesquisadores da Manipal Academy of Higher Education, do Indian Institute of Science e da University of South Australia em que a nanotecnologia foi utilizada com a intenção de conseguir melhores resultados. Aplicada em modelos murinos de CCR, o desempenho da nova plataforma foi considerado promissor na atividade antitumoral e com pouca toxicidade.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

2 visualizações