Buscar

Neutrófilos associados ao tumor podem ser um novo alvo no câncer de pulmão


O microambiente tumoral (MAT) é um ambiente surgido durante a progressão da doença, sendo moldado pelo tumor como resultado de suas interações com o hospedeiro. Além das próprias células cancerígenas, diversas células hospedeiras fazem parte do MAT, incluindo células imunes como linfócitos e neutrófilos.


Atualmente, a maioria das pesquisas de cunho imunológico no tratamento do câncer é voltada para os linfócitos T. Entretanto, novos estudos têm chamado a atenção para os neutrófilos, que são as células imunes mais abundantes e parte integrante da imunidade inata. Nesse contexto, pesquisadores da Escola Politécnica Federal de Lausanne descobriram que modificações no metabolismo dos neutrófilos, mais especificamente os neutrófilos associados ao tumor (NATs), podem determinar um comportamento de suporte ao desenvolvimento do câncer de pulmão.


O estudo comparativo das alterações no metabolismo da glicose entre neutrófilos sadios e NATs evidenciou maior expressão de uma proteína ligada à captação e utilização da glicose. Quando essa proteína foi silenciada nos NATs, reduziu o crescimento tumoral e aumentou a eficácia da radioterapia, indicando um novo potencial alvo terapêutico.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

0 visualização